B i o g r a f i a

Fundada pela diretora Patrícia Teixeira em 2006, a Cia. Coexistir de Teatro  enxerga o teatro

enquanto espaço de coexistência entre mito, psique e história por meio de um processo

artístico-psicopedagógico fundamentada na estrutura do teatro dialético de Bertolt Brecht e nas ideias

de Jung, fundador da Psicologia Analítica. 

 

Segundo Patrícia, o processo teatral é também um processo psíquico em que ator e plateia acessam de forma sincrônica

aspectos desconhecidos de si mesmos, a partir do momento que fomenta a elaboração e integração de potencialidades

do ator na construção de suas dramaturgias e a dialética dessas, com a história de seu tempo e com seu público.  


A Coexistir tem como ideologia que o poder 'existir junto' no palco com aspectos, fatos, sentimentos, personagens, pessoas... possa se refletir numa relação de alteridade  com a vida. Dentro dessa perspectiva, em todas as montagens da Companhia, integra-se ao grupo de atores profissionais, outros artistas e não-artistas, que a partir de uma experiência de sincronicidade apropriam-se do que não conhecem de si mesmos na busca de seus processos de individuação, ou seja, o processo de se tornar um 'indivíduo' indivisível - aquele que não se divide mais, que pode ser inteiro em sua totalidade.

 

"Nós acreditamos em um teatro para todos e que possibilita a função transcendente, que segundo Jung, resulta na união dos conteúdos conscientes e inconscientes".

(Patrícia Teixeira)

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now